Definição de Startup

Startup – qual a sua definição?

De estudantes solitários a unicórnios, a definição de “startup” sempre gera uma longa e dividida discussão. A importância desses negócios disruptivos é gigantesca, não há mais dúvidas que as startups de hoje serão as maiores empresas do futuro.

Mas afinal o que de fato é uma startup?

Antes de mais nada, vale reforçar que, startup ou não, não existe um tipo de negócio melhor que outro. É muito importante termos uma economia diversificada e que suporte cada vez mais os empreendedores e sua vontade de mudar o mundo para melhor.

Dentre as principais definições de startup estão:

Definição do Steve Blank, um dos teóricos e empreendedores mais reconhecidos quando o tema é startup:

“Startup é uma organização temporária em busca de um modelo de negócios repetível e escalável.“.

Essa é a definição do Eric Ries, autor do livro Startup Enxuta, muito usado pelos empreendedores:

“Startup é uma instituição feita para criar novos produtos e serviços em condições de grande incerteza.”

Confesso que gosto de uma mistura dessas definições com mais alguns ingredientes:

“Startup é uma fase de um negócio exponencial que ainda está com o seu modelo indefinido e num ambiente de muita incerteza.”

Vamos à explicação da definição de startup:

UMA FASE
Startup é apenas um período temporário, porque quando o modelo de negócio é definido, testado e validado no mercado, a startup deixa de ser incerta e passa para outro patamar. Passada a fase de startup, teremos uma empresa com alto potencial de crescimento que terá outros desafios, alcançar novos mercados, estruturação de processos internos e muita contratação.

EXPONENCIAL
Ser exponencial é ter um alto potencial de crescimento sem aumento proporcional das despesas. Para isso, é praticamente impossível não ter base tecnológica envolvida na solução. Vou exemplificar: para o Google aumentar seu mercado ele não precisa desenvolver uma operação inteira na região, ele apenas traduz seu site e disponibiliza uma equipe de suporte caso seja necessário. Por outro lado, para uma construtora, que é empresa tradicional e não tem crescimento exponencial, para dobrar o faturamento precisa construir o dobro de edificações, contratar o dobro de funcionários e ter o dobro de despesas, ou seja, tem no máximo um crescimento linear.

INCERTEZA
As incertezas são os maiores desafios das startups, pois são várias. A primeira é a incerteza de problema, nem tudo que achamos que é uma dor relevante de fato é para o mercado, só é quando os clientes estão dispostos a pagar para alguém resolvê-la; a segunda é a incerteza da solução, após encontrar o problema empreendedores se veem no desafio de propor uma solução que solucione as dores de clientes e ainda tenha um mercado significativo para a escala, e; a terceira, e um pouco mais complexa, é a incerteza de como o mercado tradicional reagirá a solução proposta pela startup, vide como taxistas reagiram ao lançamento do Uber em todo o mundo.

Agora que já sabemos o que define uma startup podemos empreender em uma, certo?

Os objetivos da AGS são ajudar a empreendedores e fomentar o ecossistema, queremos que os próximos “Googles” e “Facebooks”, negócios que revolucionarão os mercados e facilitarão ainda mais a vida das pessoas, sejam criados aqui!

Apenas esteja ciente que startup não é lifestyle, é muito trabalho. No mais, conte conosco no que precisar para empreender na sua startup!

#somosAGS

Wagner Bergozza

Presidente da Associação Gaúcha de Startups

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Deixe uma resposta

RELACIONADOS

Você também pode gostar

AGS

Definição de Startup

Startup – qual a sua definição? De estudantes solitários a unicórnios, a definição de “startup” sempre gera uma longa e dividida discussão. A importância desses